40 importantes fotografias históricas que todos precisam ver

Tirar uma foto hoje em dia é fácil a ponto de apenas pegar o celular e tocar a tela. Contudo, fotografar nem sempre foi tão simples assim. Nos séculos 19 e 20, tirar uma foto nítida poderia exigir horas de dedicação e vários equipamentos extremamente caros. Assim, as fotografias de antigamente eram, peças de arte bem trabalhosas. As seguintes imagens, em particular, são verdadeiras obras-primas, visto que capturam momentos primordiais na história da civilização humana, indo desde as missões lunares da NASA até a construção da Estátua da Liberdade.

40. A primeira foto de um ser humano

A primeira fotografia de uma pessoa foi tirada em 1838. O inventor Louis Daguerre conseguiu capturar dois indivíduos os quais podem ser vistos na parte inferior esquerda deste cenário de uma rua parisiense. Ainda que o casal pareça estar sozinho, as calçadas dessa época provavelmente estavam repletas de outros cidadãos. O longo tempo de exposição da câmera garantiu que aparecessem na foto apenas aqueles que permaneceram perfeitamente parados.

39. Uma foto da família na lua

Embora alguns filmes de ficção científica nos instiguem a acreditar no contrário, os seres humanos, até então, estão muito longe de estabelecer uma colônia na lua. Por enquanto, esta velha foto da família do astronauta Charles Duke é o mais próximo que temos disso. Tal imagem tocou a superfície da lua durante a missão Apollo 16 de 1972. Duke deixou a imagem e em seguida tirou uma foto para a posteridade. Portanto, quem sabe? Talvez um dia você coloque uma foto da sua família na lua também. E se você fizer isso, você com certeza deveria lembrar do Duke.

ADVERTISEMENT

38. A primeira fotografia jornalística

Os jornais eram estritamente escritos – sem fotografias – até 1847. Naquele ano, porém, o processo fotográfico daguerreótipo foi concebido pelo pioneiro da fotografia Louis Daguerre e ocasionou muitas mudanças. Mesmo que a abordagem do daguerreótipo pareça primitiva em comparação com nossos modernos métodos fotográficos, a técnica presenteou o povo com esta importante imagem. Acredita-se que essa foto das autoridades francesas prendendo um homem seja a primeira fotografia jornalística já capturada. Infelizmente, não se tem conhecimento da identidade do fotojornalista por trás do obturador.

37. A primeira “Miss América”

ADVERTISEMENT

Margaret Gorman tinha apenas 16 anos de idade quando recebeu o título de “Miss Washington”. Essa precoce jovem deslumbrou as multidões do calçadão de Atlantic City ao ganhar o concurso de beleza de 1921, tornando-se a primeira “Miss América”. No entanto, em 1922, Gorman perdeu essa honra para a “Miss Columbus”, Mary Katherine Campbell.

36. A foto conservada mais antiga de um presidente dos Estados Unidos

O retrato de William Henry Harrison de 1841, como muitos dos primeiros da história, já desapareceu há muito tempo. Para a foto mais antiga conservada de um presidente dos Estados Unidos, temos que recorrer a John Quincy Adams. O sexto presidente, o qual serviu de 1825 a 1829, sentou-se para tirar duas fotografias em 1843. Embora não se saiba qual das duas fotos foi capturada primeiro, podemos dizer que Adams descreveu uma delas como “horrenda” em seu diário.

ADVERTISEMENT

35. A primeira fotografia colorida

ADVERTISEMENT

É difícil ignorar o impacto do trabalho de Thomas Sutton na fotografia moderna. O inglês não só desenvolveu a primeira lente grande angular, como também produziu a primeira fotografia colorida. Sutton trabalhou com James Clerk Maxwell, um físico teórico, para fotografar uma fita xadrez por meio de filtros azuis, verdes e vermelhos. A talentosa dupla, então, combinou seus três negativos em uma única imagem, criando a base da fotografia colorida. Demorado? Claro. Genial? Definitivamente!

34. A primeira foto de uma explosão nuclear

Seres humanos detonaram uma bomba atômica pela primeira vez em julho de 1945. Apesar de não existir imagens de vídeo desse teste do Novo México, temos uma simples foto que foi captada pelo físico e fotógrafo amador Jack Aeby. O funcionário do Projeto Manhattan estava aparentemente com os últimos quadros em seu rolo de filme quando o teste teve início, porém, ainda assim, ele conseguiu obter uma foto notória. Aeby lembrou mais tarde: “Estava lá, então eu fotografei”. Desse modo, a imagem resultante foi utilizada por cientistas a fim de determinar o verdadeiro rendimento da bomba.

ADVERTISEMENT

33. Soldados norte-americanos voltando para casa após a Segunda Guerra Mundial

ADVERTISEMENT

É claro que nem todos tiveram a sorte de voltar para casa depois da Segunda Guerra Mundial. Na verdade, mais de 400 mil soldados estadunidenses morreram durante o conflito. Esse número torna esta imagem do navio de guerra Queen Elizabeth ainda mais comovente, pois os sobreviventes celebram com razão sua viagem segura para casa.

32. A primeira foto digital

Enquanto as câmeras digitais só foram lançadas em meados dos anos 70, a primeira foto digital foi produzida quase 20 anos antes. Em 1957, Russell Kirsch digitalizou uma imagem de seu filho pequeno em seu computador, criando uma imagem de 176×176 pixels. Se você está pensando que parece uma resolução dolorosamente baixa, é porque de fato é. Na época, contudo, isso era o máximo que um computador podia fazer.

ADVERTISEMENT

31. Tatuagens antigas e extravagantes

ADVERTISEMENT

Tatuagens não são somente de domínio dos jovens. Os pais – ou até mesmo bisavós – da juventude de hoje em dia podem muito bem ter sido os próprios defensores dessa arte. Nesta foto de 1928, por exemplo, uma moça recebe uma tatuagem particularmente ousada de uma mulher nua montada em um pássaro. Mas não se surpreenda, afinal a arte corporal tornou-se popular já no final do século 19.

30. A foto conservada mais antiga de um relâmpago

Thomas Martin Easterly foi o responsável por tirar a primeira fotografia de um relâmpago em 1847. Infelizmente, porém, seu trabalho original se perdeu nas décadas seguintes, o que significa que temos que nos voltar para William Jennings e sua foto conservada dessa maravilha natural. O fotógrafo, de início, se propôs a provar que o fenômeno não aparecia na forma simples de zig-zag que os artistas retratavam. Embora tenha levado mais de um ano, em 1882, ele finalmente capturou a forma ramificada e volátil do relâmpago.

ADVERTISEMENT

29. A primeira foto tirada em Marte

ADVERTISEMENT

A espaçonave Viking 1, da NASA, aterrissou na superfície de Marte em 20 de julho de 1976. Momentos depois, a nave capturou a primeira foto tirada no planeta vermelho. Ironicamente, a câmera da Viking 1 só podia fotografar em preto e branco. Ainda assim, a imagem resultante representa um momento incrível na história da humanidade.

28. O primeiro gesto obsceno na câmera

A razão precisa pela qual Charles Radbourn decidiu mostrar o dedo do meio, nesta foto em grupo, foi perdida na história. Talvez ele não tenha se dado bem com o fotógrafo dessa imagem. Talvez ele estivesse lidando com uma crise grave de cãibras nos dedos. Seja qual for o motivo, sua pose – que foi tirada em 1886 no dia da abertura da temporada da Liga Principal de Beisebol – foi considerada como o primeiro gesto obsceno capturado por uma câmera.

ADVERTISEMENT

27. A primeira fotografia subaquática

ADVERTISEMENT

Ao que parece, o ato de fotografar em terra firme durou menos de um século antes de se tornar antiquado na França. Já no final do século 19, notou-se que os fotógrafos amadores começaram a levar sua prática a novos lugares. Louis Boutan associou seus talentos fotográficos aos de mergulho para tirar esta foto subaquática do oceanógrafo Emil Racovitza. Ainda mais incrível é que, provavelmente, Boutan utilizou um equipamento fotográfico caseiro abaixo da superfície para iluminar seu objeto.

26. O primeiro voo motorizado

Os famosos irmãos Wright não foram somente pioneiros da aviação. Eles também eram fotógrafos dedicados e, quando executaram seu primeiro voo motorizado em 1903, estavam preparados para fotografar a viagem. Assim, empregando uma das melhores câmeras disponíveis na época, os Wrights capturaram uma série de imagens verdadeiramente icônicas. De fato, através das dunas de areia da Carolina do Norte, eles registraram praticamente todos os detalhes da primeira viagem desse avião.

ADVERTISEMENT

25. Sophia Loren e Jayne Mansfield

ADVERTISEMENT

Esta foto icônica foi capturada em uma festa de 1957 feita para a atriz Sophia Loren. Não demorou muito, porém, para que Jayne Mansfield, denominada de símbolo sexual, roubasse os holofotes. Em 2014, Loren explicou sobre seu famoso olhar lateral à revista Entertainment Weekly. “Olhe para a foto”, disse Loren, “Onde estão meus olhos? Estou olhando para os mamilos dela porque estava com medo que eles estivessem prestes a vir para o meu prato”.

24. O cão do presidente

Este cachorro pertenceu a ninguém menos do que Abraham Lincoln. Quando o presidente tomou posse, porém, ele temia que a viagem de Illinois fosse muito estressante para o pobre Fido. Assim, Lincoln deixou o cão aos cuidados de seus amigos – junto com o sofá favorito do cachorro mimado e uma lista de regras estritas sobre como ele deveria ser tratado.

ADVERTISEMENT

23. A foto aérea mais antiga conservada

ADVERTISEMENT

A primeira foto tirada do ar se perdeu na história. Felizmente, dois anos após Gaspard-Félix Tournachon ter tirado sua pioneira fotografia aérea de Paris, James Black levou sua câmera bem acima de Boston. Apesar da visão panorâmica de Black não ter sido histórica, a existência dela não foi tarefa fácil. Afinal, a foto foi tirada de um balão de ar quente em 1860 – quatro décadas antes mesmo dos irmãos Wright terem inventado o avião moderno. Com razão, a fotografia agora reside no Museu Metropolitano de Arte de Nova York.

22. A primeira flor a desabrochar no espaço

Em novembro de 2015, os astronautas a bordo da Estação Espacial Internacional começaram a árdua tarefa de cultivar flores no espaço. A experiência teve início a fim de ajudar os cientistas a estudarem como as plantas prosperavam em microgravidade e também auxiliar os astronautas a se acostumarem com o processo de manter as flores vivas. Apesar das flores zínias terem um começo difícil, elas apresentaram os primeiros sinais de floração em janeiro de 2016. Isto só mostra que imagens icônicas ainda estão sendo tiradas – mesmo no século 21.

ADVERTISEMENT

21. A primeira foto tirada em Vênus

ADVERTISEMENT

Vênus pode ser extremamente quente, contudo, nas décadas de 1970 e 1980, a União Soviética conseguiu aterrissar satélites na superfície de tal planeta. Embora nenhuma das naves tenha durado muito no calor de quase 500 graus Celsius, foram transmitidas algumas imagens surpreendentes. Assim, quando uma das primeiras sondas, Venera 9, aterrissou em Vênus em 22 de outubro de 1975, ela resistiu à intensa pressão atmosférica do planeta por tempo suficiente para capturar esta fotografia verdadeiramente notável.

20. A primeira selfie

Acredite ou não, mas o conceito de selfie não se originou com as câmeras de celular. Na verdade, o autorretrato fotográfico existe há quase tanto tempo quanto a própria fotografia. Isso porque os fotógrafos agiam frequentemente como seus próprios modelos no intuito de experimentarem seus equipamentos. Em 1839, por exemplo, Robert Cornelius produziu o que se pensa ser a primeira selfie. O fotógrafo iniciante sentou-se em frente a uma lente sem tampa durante um minuto inteiro para conseguir esta fotografia.

ADVERTISEMENT

19. Construção da Estátua da Liberdade em Paris

ADVERTISEMENT

Como muitos norte-americanos devem saber, a Estátua da Liberdade está agora instalada em Liberty Island, na cidade de Nova York. A famosa estrutura foi esculpida em Paris, como comprova esta imagem de 1884, em uma oficina parisiense. Sendo um presente do povo francês para os Estados Unidos, esse objeto atravessou o Atlântico em 1885. Apesar da estátua ter chegado à América do Norte dividida em várias parte, ela foi erguida como um único e vasto monumento.

18. A primeira foto de um tornado

Durante a maior parte do século 19, as evidências gráficas de tornados vieram na forma de desenhos. Entretanto, tudo isso mudou em 1884. Naquele ano, o fruticultor e fotógrafo amador A. A. Adams testemunhou um ciclone lento o qual passava pelo Condado de Anderson, no Kansas. O ritmo vagaroso deu a Adams tempo suficiente para organizar sua máquina fotográfica de caixa a apenas 22 quilômetros de distância e capturar, assim, a primeira foto de tal fenômeno climático.

ADVERTISEMENT

17. Esculpindo máscaras faciais para soldados desfigurados

ADVERTISEMENT

Digam o que quiserem sobre a cirurgia plástica, porém ela certamente avançou a passos largos desde o início do século 20. Os procedimentos eram tão primitivos durante a Primeira Guerra Mundial que os escultores criavam máscaras para soldados os quais haviam sido desfigurados durante o combate. É exatamente isso que a artista estadunidense Anna Coleman Ladd executa nesta foto, trabalhando para ajudar um soldado a cobrir a metade inferior perdida de seu rosto.

16. O homem mais alto do mundo

Robert Pershing Wadlow atingiu uma altura de 2,72 m antes de sua morte prematura, em 1940, com apenas 22 anos de idade. Esse fato espantoso faz dele a pessoa mais alta já registrada. Fotografado aqui, você pode ver claramente o porquê. Mesmo em seus 20 anos, o crescimento de Wadlow não manifestava sinais de desaceleração. É uma pena, então, que só podemos imaginar quão fantasticamente alto ele poderia ter crescido se houvesse vivido até os 30 anos de idade.

ADVERTISEMENT

15. Trabalhador alemão recusando-se a saudar em 1936

ADVERTISEMENT

Esta foto foi tirada apenas três anos antes do início da Segunda Guerra Mundial, quando os nazistas estavam bem arraigados como os governantes fascistas da Alemanha. Ela retrata, assim, uma multidão de alemães fazendo a saudação nazista. No entanto, há um sujeito na imagem que não está seguindo o exemplo: Um homem que supõe-se que seja August Landmesser. O trabalhador do estaleiro acabou sendo preso por seu relacionamento ilegal com uma mulher judia e mais tarde morreu enquanto servia em um batalhão penal.

14. A primeira fraude fotográfica

Louis Daguerre pode ser lembrado como o pai fundador da fotografia, porém outro pioneiro de tal tecnologia alegou tê-la inventado primeiro. Infelizmente, Hippolyte Bayard foi passado para trás ao levar em consideração o conselho de um amigo de Daguerre sobre adiar a revelação de seu processo fotográfico. Como forma de protesto, Bayard criou a primeira fraude fotográfica em 1840. A foto resultante exibe aparentemente o inventor afogado, entretanto, na realidade, ele estava vivo e bem.

ADVERTISEMENT

13. Cerveja no tanque de combustível de um avião de combate

ADVERTISEMENT

Não, a cerveja não era utilizada para realmente abastecer aviões na Segunda Guerra Mundial. Ao contrário, a embarcação capturada aqui foi usada para entregar álcool às tropas na linha de frente. Contudo, esse não foi exatamente um uso de recursos oficialmente sancionado. Assim, o governo britânico logo repreendeu as cervejarias envolvidas por exportarem ilegalmente, finalizando de modo cruel com a distribuição do “suco da alegria”.

12. A futura Rainha Elizabeth II durante a Segunda Guerra Mundial

Com apenas 18 anos de idade, a futura Rainha Elizabeth II conseguiu convencer seu pai, o Rei George VI, a deixá-la auxiliar no esforço de guerra. Mesmo quando era adolescente, ao que parece, a jovem real soube governar adequadamente. Como resultado de sua poderosa capacidade de persuasão, ela ingressou no Serviço Territorial Auxiliar Feminino, onde trabalhou como motorista e mecânica.

ADVERTISEMENT

11. A primeira foto da Terra tirada do espaço

ADVERTISEMENT

A primeira imagem da Terra tirada do espaço foi fotografada em uma câmera de 35 mm em 24 de outubro de 1946. Incrivelmente, não havia ninguém atrás do obturador, tendo o dispositivo programado para tirar foto a cada um segundo e meio. A câmera estava a bordo de um foguete V2 de fabricação alemã, cerca de 105 mil metros acima da superfície do nosso planeta. Em seguida, o filme foi jogado ao chão, em um recipiente de aço, pronto para ser revelado.

10. O homem a vapor

O aparelho Homem a Vapor, de Zadoc Dederick, fascinou inúmeros nova-iorquinos quando chegou à Broadway em 1868. A máquina do inventor de 22 anos era – e ainda é – verdadeiramente engenhosa. E como o nome sugere, esse fantástico artefato era movido exclusivamente a vapor. O New York Express chegou até a considerá-lo a “oitava maravilha do mundo”.

ADVERTISEMENT

9. O Tio Sam original

ADVERTISEMENT

Aqueles famosos anúncios de “Eu quero VOCÊ” para o exército dos Estados Unidos não foram produzidos do nada. Aliás, o artista por trás do popular cartaz, James Montgomery Flagg, também não tirou o pulso firme do Tio Sam a partir de sua própria imaginação. O homem que modelou a famosa pose era o vizinho de Flagg, Walter Botts, fotografado aqui em 1970.

8. Os Beatles tocando para 18 pessoas

Antes de serem um grande sucesso, os Beatles eram como qualquer outra banda – fazendo shows em cidades no meio do nada até em salas praticamente vazias. Esse parece ter sido o caso deste concerto em Aldershot, na Inglaterra – uma pequena cidade militar a quilômetros de lugar nenhum. O show de dezembro de 1961 foi assistido por somente 18 sortudos já que o promotor da banda falhou na divulgação.

ADVERTISEMENT

7. Nativo norte-americano observando a ferrovia transcontinental

ADVERTISEMENT

Não há como negar que a ferrovia transcontinental foi o ponto final para o estilo de vida indígena norte-americano. Construída na década de 1860, ela atravessou as Grandes Planícies, apartando os animais selvagens como os bisões, os quais as tribos indígenas norte-americanas dependiam fortemente para alimentação e vestuário. A contextualização parece desnecessária aqui, já que esta foto vale mais do que mil palavras.

6. O primeiro aparelho radiotelefônico móvel

Cinco décadas após Alexander Graham Bell ter feito a primeira chamada telefônica bem-sucedida, os carros começaram a se tornar comuns – tanto que, até 1927, a Ford fabricou mais de 15 milhões de veículos Modelo T. Assim, as duas tecnologias colidiram em 1924, quando o primeiro telefone para automóveis foi posto em uso, conforme retratado na fotografia.

ADVERTISEMENT

5. A primeira foto da Terra vista da Lua

ADVERTISEMENT

Três anos antes do homem pisar na Lua, o Lunar Orbiter 1, da NASA, nos proporcionou um relance da visão que aguardava aqueles corajosos astronautas. Em sua 16ª órbita, a espaçonave captou uma imagem de nosso planeta a partir da perspectiva do corpo lunar. Imediatamente, a fotografia foi transmitida à estação de rastreamento da NASA, na Espanha, preservando um momento fundamental da história para a humanidade.

4. Primeira pessoa a sobreviver à descida das Cataratas do Niágara dentro de um barril

Em 1901, a valente professora Annie Edson Taylor despencou nas Cataratas do Niágara em um barril. Aos 63 anos, ela embarcou na missão praticamente suicida por uma razão em particular: Ganhar dinheiro. Embora tenha sobrevivido, o esforço não provou ser o esquema de enriquecimento rápido que ela esperava. Taylor posteriormente admitiu que optaria “caminhar até a boca de um canhão” do que passar por toda aquela situação novamente.

ADVERTISEMENT

3. A primeira foto já tirada

ADVERTISEMENT

Enquanto hoje em dia leva oito milissegundos para tirar uma foto – com uma câmera que sem dúvida você carrega no bolso -, antes demorava cerca de oito horas. De fato, isso é real. A primeira fotografia foi tirada entre 1826 a 1827 – a data exata é desconhecida – e capturada por Joseph Nicéphore Niépce, o qual retrata na imagem granulada a vista de sua janela.

2. Escravos resgatados a bordo do navio Daphne

No final da década de 1860, a Marinha Real Britânica havia libertado aproximadamente 150 mil escravos africanos. O Ato de Abolição da Escravatura foi estabelecido em 1833, proibindo a prática em grandes áreas do Império Britânico. Nesta foto, a bordo do navio Daphne em 1868, nota-se dezenas de escravos, resgatados da África Oriental e libertados de comerciantes árabes.

ADVERTISEMENT

1. Uma mulher branca com uma tatuagem nativa norte-americana

ADVERTISEMENT

Esta curiosa fotografia, capturada em 1863, retrata Olive Oatman. 12 anos antes, ela havia sido sequestrada por índios norte-americanos e depois vendida à tribo Mohave. A tatuagem em seu queixo representava que ela era um membro dos Mohave, indicando que eles a tratavam não como uma escrava, mas como uma igual. Depois de meia década vivendo com a tal tribo, no entanto, Oatman voltou à sociedade da qual fazia parte antes do sequestro.

ADVERTISEMENT
ADVERTISEMENT